14 novembro 2017

Lançamento: Clube Melissa faz Kit Especial para Final do Ano



2017 chegando ao fim e aqui vamos nós para uma série de lançamentos das nossas marcas prediletas! A flip flop mais icônica da Melissa ganhou uma versão exclusiva para o final de ano e dá origem à Melissa Harmonic Make a Wish, um item inspirado nos desejos e pedidos tão comuns nesta época do ano. O destaque da Make a Wish, porém, vai além do sapato: a novidade vem acompanhada de uma embalagem prateada, que pode ser usada como nécessaire ou clutch.

  O clássico da marca chega com um discreto laço na parte superior, em detalhes cromados. Nesta edição, a sandália ganha quatro cores diferentes: rosa, branca, preta e amarela. Com a embalagem personalizada, o kit é a composição perfeita para presentear uma amiga querida durante as festas - e também, uma ótima sugestão “dois em um” para surpreender no amigo secreto.

Por isso, para complementar o lançamento, o Melissa Swap – app gratuito criado em 2016 especialmente para as fãs da marca - disponibiliza um novo serviço exclusivo, que permite facilitar o sorteio da brincadeira mais famosa do Natal. Bastar baixar o app, para Iphone ou Adroid, e utilizar essa facilidade para garantir a Melissa Harmonic Make a Wish

  A Melissa Harmonic Make a Wish já está disponível nos Clubes Melissa de todo o Brasil.

Esse post é um press release e publicado gratuitamente pelo blogpela autora crer ser do interesse do público. ♥ 
25 outubro 2017

Decorando a Casa para o Dia das Bruxas 🎃

Segredo mal guardado da minha vida: sonho em decorar meu cantinho para todos os feriados (sejam eles oficiais ou não). Páscoa, Natal e Dia das Bruxas vão ser todos momentos de soltar a imaginação e espírito festivo! Então você pode apostar que nesse primeiro Halloween em que eu e o Roberto estamos morando juntos - mesmo que ainda não seja nosso cantinho definitivo, que estamos procurando para mudarmos agora antes no final do ano - já coloquei mãos á obra.

E já que o Lorde Spooky é um gatinho preto no melhor jeitinho "gato de bruxa", nada melhor do que honra-lo na decoração, não é mesmo?

Vídeo: 


23 outubro 2017

Extensões de Cílios: TUDO sobre o Visual de Postiços, Todos os Dias!

Extensões de cílios com a técnica de Volume Russo deixam um efeito lindo, que dá para acordar e dormir com os olhos parecendo que tem os cílios postiços que não pesam nada aplicados. Estou apaixonada pela técnica desde a primeira aplicação que fiz, há dois meses atrás. Agora já estou no meu segundo round e continuo super fã; tanto é que aqui está um vídeo apresentando em detalhes para vocês o procedimento:

Vídeo:




Em breve esperem um atualizando vocês com os pós e contras e o que muda na sua rotina de beleza com essa mega ajuda diária. 
11 outubro 2017

Favoritos do Mês 🌷 Setembro

Mais um mês completo, mais uma uma coleção de produtos cosméticos, roupas e dicas culturais para ouvir, assistir e jogar. Como já é costume nesse universo, fiz um vídeo apresentando meus queridinhos.

Vídeo: 


Mencionados:


  • Coletor Menstural - Fleurity
  • Shampoo a Seco Fruity and Cheeky - Batiste
  • Talco da linha Pink - Granado
  • Dream Cream - Lush
  • Unicorn Snot
  • Camiseta 'Grifinória" da Renner 
Dica: tenho um vídeo de como estilizar camisetas estilo T-shirt de vários jeitos diferentes!
  • Vestido Swankiss
  • Starboy (The Weekend + Daft Punk)
  • Nameless: The One Thing You Must Recall
  • O Nevoeiro
  • Baywatch
  • Trilha Sonora de Moana
28 setembro 2017

Aprendendo a Ser Mãe de Gato


Alguns meses são mais intensos que outros e - Deus! - setembro parece que decidiu dançar na velocidade máxima em cima de muitos outros. Mas se tem algo nesses últimos 20 dias que veio na vida para ficar e jamais sair, é um serzinho (quase) peludo chamado Spooky.

A história de como ele apareceu na casa da minha mãe, debilitadíssimo, já contei no instagram. Confesso que naquele primeiro dia meu medo principal era que o bichinho fizesse sua passagem sem ter a chance de conhecer o lado bom da vida. Lembro dos meus dedos entrelaçados aos dos Roberto enquanto a veterinária falava sobre a possibilidade da fratura na mandíbula ser um chute dado por um ser humano, de como a infecção (gigantesca, que formava uma bola semelhante á um tumor do lado direito do pescoço) poderia ter se espalhado para o osso... Sentia meu coração bater na minha palma, e o dele na minha. Mas o nosso novo filho - pois não havia já dúvidas desde aquele instante de que a missão era nossa e não havia vento forte o suficiente para tirar aquele gatinho do nosso cuidado - pedia força, e nós tivemos. 

Os primeiros três dias foram os mais difíceis, com a primeira cirurgia para remover o pus acumulado, a colocação de um tubo ligado ao esófago e muitos exames de sangue. Mas o universo nos deu um guerreiro e lá estava o Spookão reagindo aos antibióticos: meio grogue, ainda mais tomando derivado de ópio! A piada interna virou ele ser muito old school nas drogas, mas isso confere um charme extra ao seu estilo gato-preto-que-ouve-The-Cure-mas-tudo-bem-a-mamãe-ouvir-pop-de-drag-queens.

Passa o tempo, e ele só fica mais forte: a anemia vai se curando e ele vai se preparando para a cirurgia de correção da mandíbula. Come a ração seca para filhotes e ama o Whiskas Sachê, que aqui em casa apelidamos de "blabla". Se meu coração bateu pequeno nas primeiras 24 horas, agora ele bate gigante cada vez que esse senhorzinho ronrona alto me pedindo um colinho e chamego como só ele sabe; como é que tanto amor se desenvolve tão rápido? Como a vida poderia ser diferente? Só quem já amou um animal sabe - esse ser que precisa de ti, que te ama incondionalmente e vai te seguir onde for... literalmente.



Mas ele de fato te segue onde for. Tendo sempre tido cachorros ou calopsitas, ninguém me preparou para ir ter minha ida ao banheiro observada por um par de olhos verdes. Não sei dizer se ele está me julgando... Só que me sinto julgada, então começa um dilema. Veja só, a dicotomia da vida: ele faz cara de dó se não está junto durante o número 1, mas cara de julgamento se está ali comigo enquanto a minha bexiga pede para se preparar para a próxima dose de chá de jasmim. E ai, Spooky? Não dá para facilitar a vida da mamãe? 

E temos o dilema da conchinha: eu e o Robertinho sempre dormíamos juntinhos, mas agora há um terceiro elemento na nossa relação. Um dia ei de ser mãe e acho co-sleeping uma ótima idéia, mas não esperava começar a treinar desde já: as vezes tem um rabinho enrolado ali na minha mão de noite, outras é no meu nariz e espirro. E quando eu fiz carinho no cobertor achando que era ele? Agora o jeito é eu fazer conchinha no Spookinho e o Rob em mim. Não conta para ninguém, mas acho que é minha nova maneira predileta de dormir. 




Tem outras gatices que vão surgindo aos poucos, enquanto ele recupera a força e o vigor. Gosto de vê-lo tentando arranhar as coisas, mas temo pelos sofás e por isso me diverti durante horas escolhendo um tapete arranhador. Sonho com o dia que vou comprar um castelinho de esconderijos para ele. Mal posso esperar pelo momento em que ele dê um pouco de bola para alguma das bolinhas de papel que jogamos pela casa!

Mais do que tudo, fico rezando para que chegue logo o dia em que ele não precise mais ficar trocando o curativo. Enquanto isso não chega e esperamos a cirurgia final, sinto um ronronar no meu colo enquanto passo bandagens, antisséptico e dou carinho no cangote. Ah, Spooky Ooky: agora, meu coração bate junto também do seu coração. 


26 setembro 2017

Lidando com o Luto | De ♥ Para ♥


Dizem que existem cinco estágios do luto: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. Não sei falar pelos outros, apenas por mim mesma, mas posso afirmar que dependendo da perda as vezes passei pelos quatro primeiros mais de uma vez no mesmo dia - não, minto. Na mesma hora, do mesmo dia.

Nossa sociedade sabe que o luto chegará para todos e, no entanto, falamos coisas como "temos que aceitar". Digo que devemos ter ferramentas para lidar com ele quando vier, pois aceitar uma imensa quantidade de doer não é simples assim e só quem passou uma vez - ou duas, ou três, ou quatro... - consegue imaginar.

Um dos meus autores prediletos, C. S. Lewis, disse que luto parece com medo e é verdade: temos medo do desconhecido. Não apenas da morte que nosso ente querido enfrentará, mas do que nós enfrentaremos sem essa pessoa.

Seria impossível eu ter as respostas derradeiras de como lidar com esse misto de sentimentos tão tumultuoso e indelicado, mas visto que meu vôzinho materno fez sua passagem para o plano espiritual na semana passada depois de 94 anos e essa foi minha 4ª gigante perda em cinco anos, decidi ligar a câmera e bater um daqueles papos de ♥ para ♥ com vocês. Afinal, quase ninguém fala sobre a pressão de libertar os nossos mortos e libertar a nós mesmos para viver apenas as lembranças. Logo, aqui, vamos falar.

Vídeo:



Observação Importante:


Não existe um tempo certo para lidar com seu luto: isso depende e varia de cada um, da sua idade, do que acredita e da sua rede de apoio e até mesmo sobre como foi a perda. No entanto, há casos de luto em que convém pedir ajuda de um profissional, especialmente se você estiver demonstrando sinais de depressão. Se você demonstrar sinais como: 

  • Se culpar pelo ocorrido;
  • Tiver dificuldade de manter sua rotina semanais depois do falecimento da pessoa querida;
  • Pensamentos de que a vida não vale mais a pena; 
  • Dependência de álcool, cigarro ou drogas para lidar com a dor;
Por favor, procure ajuda profissional. Pelo SUS, você pode se encaminhar para um CAPS (Centro de Atenção Pscicosocial) na sua cidade. 

Copyright © 2014 - marianasantarem.com.br - Todos os direitos reservados. LAYOUT E ILUSTRAÇÃO POR KÊNIA LOPES. PROGRAMAÇÃO POR SUGAR DANCE.