14 outubro 2015

Ovários Policísticos: Como Tratar Sem Anticoncepcional e Minhas Experiências

Bem alto na lista de vídeos que eram pedidos há um bom tempo estava a pauta sobre os ovários policísticos. Mencionados nos meus vídeos de história com a acne, sempre foram plano de fundo das experiências que dividi, mas jamais o protagonista com direito a pormenores. Aqui, isso muda e abordo tudo que aconteceu e o que mudou na minha forma de trata-los desde que me diagnosticaram, aos 13 anos (12 anos atrás!).

Claro que cada corpo é diferente e por isso encorajo qualquer uma a procurar seu médico endocrinologista e conversar sobre quais são as opções mais recomendadas para o seu caso. O que realmente almejo com essas informações é mostrar que a opção mais comum para mascarar o problema (porque não o trata), a pílula anticoncepcional, não é a única para quem procura a vida sem tantas flutuações hormonais.

Não deixem de me contar se tiveram já experiências em primeira mão com cistos e como foi/é seu tratamento! Adorarei saber!


O que estou usando no vídeo...


  • Batom Rebel - MAC
  • Camiseta Forever 21
  • Brincos Legépe

Comente com o Facebook:

3 comentários

  1. Fiz acupuntura um tempo (parei pq me mudei de estado) e quero muito voltar. Sou super fresca com dor, mas a agulha de lá é bem tranquila e não dói, muitas eu nem sentia. Me ajudou muito a passar por um período bem tenso da minha vida.
    www.issoaquiloetal.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!!! Sofro com os mesmos problemas (ovários policísticos + enxaqueca) e tomei anticoncepcional por quase 10 anos... Parei há um mês e estou procurando outras opções, uma vez que sinto e me preocupo bastante com os efeitos da pílula no meu corpo (AVC, por exemplo). Obrigada pelas dicas!!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, você foi um anjo que caiu do céu.. Já marquei a endocrinologista.. Você é de São Paulo? Qual o nome da sua endocrinologista? Obrigada pelo post

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 - marianasantarem.com.br - Todos os direitos reservados. LAYOUT E ILUSTRAÇÃO POR KÊNIA LOPES. PROGRAMAÇÃO POR SUGAR DANCE.