24 agosto 2011

Comprando, Barganhando e Corujando!

Oi todo mundo!

Atire a primeira pedra a garota que não adora ter uma peça nova no guarda-roupa! Eu devo confessar que adoro aquela sensação de que vou usar uma peça nova, por mais carinho que eu tenha por várias roupas que eu tenha à anos. No entanto, não sou do tipo que tem-que-ter algo novo para ser feliz, pelo contrário: acho que imaginar outfits (conjuntos, por assim dizer... o look completo das roupas) com o que você já tem no armário é um ótimo exercício de criatividade e de estilo.

Quando vou às compras, gosto de fazer o mesmo tipo de exercícios de imaginação. Ao ver uma peça que eu gosto, me faço quatro perguntas básicas:

♥ O corte da peça me favorece?

Porque a peça pode ser linda, mas se não valorizar meu corpo e minha imagem, ela não será linda em mim. Não importando seu estilo, tipo de peças que goste de usar e preferências estéticas, sempre há alguns cortes que te valorizam mais. Meu conselho? Pode até procurar aqueles "guias" na internet, mas não se prenda à eles. Como as vezes a auto-crítica pode ser falha, peça opinião de pessoas que você admire o senso de estilo e que saibam se valorizar, e que você confie. Existe uma boa chance de que elas irão ser sinceras, ter prazer e te ajudar e se sentirem especiais por você pedir a ajuda delas.

Eu consigo bolar pelo menos cinco outfits completos com a peça, usando o que já tenho?


Comprar algo para não usar é jogar dinheiro fora. Mais do que me perguntar se a cor combina com as do meu armário, tento bolar mentalmente cinco outfits (pelo menos) em que a peça em questão seria bem usada. Veja que, se você não pode usar algo de pelo menos cinco jeitos diferentes, eu não vejo porque se incomodar em levar uma peça que será sempre o "mais do mesmo". Toda peça do seu armário deveria te fazer sentir especial e ajudar à refletir um pouco de quem você é;

Eu já tenho algo parecido? 


Imagine aqueles cinco outfits previamente citados. Existe outra peça do seu armário, da mesma cor ou tonalidade, que daria o mesmo efeito, sem por nem tirar? Se sim, aquela peça que você está pensando em levar não é tão especial assim e não fará tanta diferença no seu armário.

Logicamente, essa última pergunta não se refere aos seus itens básicos (falarei mais disso em outro post!). Algumas coisas, como uma boa camiseta branca e um jeans básico que vista super bem, vale a pena ter mais de uma. Nesse caso, atente para os detalhes que farão uma peça se diferenciar da outra e possibilitar uma maior variedade de looks.

Vou me meter em problemas para pagar isso?


Voltando ao clichê, ainda não inventaram uma árvore que dê notas de cem dólares como fruto e botões de ouro como flores. Nesse caso, acho muito válido que você avalie - em TODA compra, sempre - se você tem condições financeiras de bancar aquela peça. Se eu irei ter que me apertar toda para comprar uma peça e terei que sacrificar muitas outras coisas (os encontros com o namorado do mês inteiro, deixar de comprar um presente para alguém especial, as pizzas na casa de um amigo...), simplesmente não vale a pena.

Existem peças que me conquistam muito e que eu faço um esforço extra para ter, mas isso só é viável quando temos as finanças sobre controle e consciência do que compramos. Se afundar em dívidas, ficar com a conta em vermelho ou ficar morgando em casa (sem ter onde usar a tal peça de roupa!) não são preços que valham a pena pagar. Lembre-se que roupas bonitas sempre existirão. Se a peça está fora do seu alcance, haverá outras que te conquistarão e que serão mais baratas. Pode ter certeza!


Agora que já falei um pouco sobre meu "processo de compra", acho que chegou na hora de dividir cinco blusas que comprei recentemente! E em um lugar que, para algumas, pode ser inesperado... o Extra Hipermercados! É, por que não? Para que o preconceito?

Já tem alguns anos que alguns mercados, em especiais o Extra, vem tentando se transformar mais em uma loja de departamentos do que um mercado em si. Visto isso, percebi uma melhora muito significativa na produção textil do grupo: a malha das peças está boa, as costuras firmes, os detalhes bem acabados. Irá se comparar á uma peça única, de uma marca mais exclusiva? Não em termos de singularidade. Mas pode, sim, ser uma opção para peças fofas com um bom custo-beneficio.

A qualidade das peças que escolhi está um pouco acima de várias que eu vi na C&A recentemente (cuja produção de moda está mais antenada, mas anda deixando a desejar em termos de qualidade de tecido e de costura, embora não seja regra geral). Algo talvez mais de encontro com o que ando encontrando na Renner e Riachuelo, que andam se destacando para mim nos últimos meses. Mas isso, claro, é visão pessoal. Não irei comentar da Zara porque estou em uma postura pessoal de boicote à loja, devido aos fatos recentemente descobertos.


Minha peça favorita dessa leva foi essa blusa verde-menta-quase-turquesa. Como várias sabem, é minha cor favorita! Uma pena que seja tão difícil encontrar roupas nesse tom... *suspira*


A malha é meio fria, 100% algodão. A renda foi o que me impressionou mais: uma renda de algodão boa, não excelente, mas boa, com uma trama bem fechada e sem ver a parte da rede do fundo. Um dos maiores sinais de que uma renda é ruim é quando se pode ver claramente a "rede" que forma ela. Sou super cuidadosa com rendas; se você quiser saber mais, aconselho ler este post (em inglês) sobre como diferenciar uma renda boa de uma ruim.

O corte caiu super bem e a faixa que marca a cintura é removível. Louca para experimentar diversos cintos com ela!


Já estes aqui são dois cropped tops. Para quem não sabe, cropped top são aquelas blusas mais curtas, variando de um palmo abaixo do busto até uns dedinhos acima da bacia. Algumas pessoas usam eles sozinho com partes de baixo de cintura alta, mas eu costumo utiliza-los mesmo é para fazer sobreposições, que adoro.

O primeiro é uma gracinha! De malha 100% algodão bordô, com aplique (costurado ao invés de apenas colado) de corujinha. Os detalhes desse são primorosos: as mangas tem um franzidinho fofo e é todo forrado com um tecido floral por dentro. Muito macia e provavelmente utilizarei muito!

O segundo usei hoje (e esqueci de tirar foto... bú bú para mim...). É um rosa antigo/chá com renda em off white. Essa já é um tecido mesclado, e a renda não tem a qualidade tão boa quando à da blusa menta. No entanto, ainda é uma renda macia ao invés de piniquenta. Pela parte da renda ter uma certa transparência, esse aqui é vital ser pareado com algo por baixo.


Por último, mas não menos importante, estão uma blusa branca básica e outra de corte ainda mais básico, com aplique de corujinhas. Novamente, o aplique é caprichoso, costurado e não apenas colado. O detalhe do bordado, de pertinho, é super fofo e bem acabado! A malha é macia, embora a forma seja um pouco pequena e eu tenha escolhido M ao invés do P, que seria meu tamanho normalmente.

Agora, essa blusa branca foi um achado muito legal para mim! Tem um tecido 100% algodão, mas trabalhado de forma super molenga, macia. Tem jeito (e toque!) de coisa boa, confortável, chique sem esforço. Simplesmente amo mangas com detalhes franzidinhos, e decotes nesse formato mais em U são meus preferidos em mim, em todas as profundidades. Isso sem contar que ela é compridinha, sendo perfeita para eu usar com leggings básicos em um dia de preguiça!

Todos os preços das peças variaram entre R$29,90 (blusa branca e as duas de corujinha) e R$49,90 (blusa com detalhes de rendas em menta). Achei muito justo pela qualidade que encontrei e ficarei de olho no Extra, com certeza!


Em adendo: minha mãe estava comigo e ela também fez suas comprinhas! Ela fez questão, quando mencionei que achava que valia um post interessante, que eu mencionasse que também tem modelagens maiores das peças fofas! Ela achou várias peças de boa qualidade e bonitas em tamanhos GG e calças com cinturas maiores e não tão baixas assim.

 

Dentre as que ela levou, minha favorita foi esse top. A malha dele é um absurdo de macia e o trabalho de crochê é super bem feito! As costuras são firmes e a cor ficou linda na minha mãe, então espero que ela use muito!

Ah, vale dizer: reparou que ela também levou uma blusa com o bordado de corujinhas para ela, só que em bordô? Isso que é mãe e filha corujas! 

Comente com o Facebook:

19 comentários

  1. aaah mari *-*
    que roupaslinda,vou sempre seguir seus concelhos de compras agora e assim vou acabar guardando mais dinheiro,acho que tbm serve na hora de comprar maquiagens essas dicas

    ResponderExcluir
  2. Boas dicas, Mari! Parabéns pelo blog, sempre que possível passo por aqui para conferir as atualizações.
    Queria saber onde você adquire as blusas regatas mais compridas (usadas com legging) que eu vi no seu canal.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. @Núbia

    Núbia, eu gosto de comprar elas na Hering! =D Eles tem as regatas de tamanho "normal" e as compridas, por isso peça especificamente pelas compridas quando for levar... também tem disponível na loja virtual oficial da marca (nunca comprei por lá, mas já olhei muito)! =D

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari, Adorei o post, aliás to gostando bastante do blog, achei super importante o que você disse nessa frase*-*: Porque a peça pode ser linda, mas se não valorizar meu corpo e minha imagem, ela não será linda em mim. sempre há alguns cortes que te valorizam mais.
    beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari... adorei o post!

    O que eu mais gosto.. é que é gostoso de ler! sua escrita é (eu sei que vc faz jornalismo, mas mesmo assim não custa dizer) maravilhosa!

    Gostei das roupas e realmente, não damos atenção a certas lojas que podem ter muitas coisas boas.
    Tbm tenho notado a Riachuello, ela tem me surpreendido!
    Gostei da idéia dos 5 outfits.. eu geralmente compro uma peça pq acho bonita, mas é difícil eu pensar no que eu tenho em casa..

    Ótimo gosto o da sua mãe tbm! Uma pena que na minha cidade não tenha extra..

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto bastante das roupas do extra!!
    sao boas e tem algumas lindinhas....

    As basiquinhas que tem umas cores lindas tbm!!!
    adorei esse coletinho cinza, amanha to la pra comprar um =)

    Bjaooo

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari adorei o posi. A sempre q veto um unicornio de pellucid lembro de vc ;) bjss

    ResponderExcluir
  8. Olá Mari td bem?!!!.
    Adorei este post pelas dicas de como comprar mas tb por mencionar um lugar tão comum,com roupas de preço acessível p/ mtas de nós!!!. Confesso q. qdo eu vou nunca tem pra mim, mas minha cunhada dá sorte(assim como vc) e acha peças lindas!!!.
    Amei a branca, justamente pelo franzido(amo xadrez,poá,rendas,babados e franzidos)e tb gostei do cropped rosa.
    Estou adorando vc ter blog pois não possuo conta no youtube e não tenho como dizer lá q. gostei e tal.
    Fique com Deus.
    Q. Ele abençoe ricamente tua vida!!!.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Adorei as dicas, Mari ! Gosto quando tu fala de moda sabe, tu fala de um jeito mais acessível aos meros mortais que não gastam trezentos reais em uma regata - pelo menos eu vejo assim né. Mas enfim, esta blusa verde-menta é uma graça *o* E as de corujinha também, awn.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Mari, eu também adoro comprar roupas pelo mercado. Quando o inverno começou eu precisava de uma jaqueta, mas sempre que eu gostava se uma eu achava caro demais ou a qualidade era ruim. Então eu fui pro Condor e achei uma jaqueta muito linda e de ótima qualidade, e ainda comprei uma camisa de manga comprida (franzidinho, como você gosta!) e acho que tudo deu uns R$60,00. Enfim, adorei seu post, e principalmente adorei a primeira camisa :D

    ResponderExcluir
  11. Eu ri com o comentário de "mãe e filha corujas" hahahaah
    Ameeei as blusinhas, apesar de que sou meio nojentinha e não gosto de franzidinhos e babados.. mas gosto de rendas!
    E sobre hipermercados, bom... aqui não tem extra, mas tem o Big e não é como se lá tivesse peças lindas e exclusivas... mas já achei muitas blusinhas básicas que são boas e cumprem um papel perfeito como "básicas".
    Também notei essa coisa na C&A, no meu caso foi que era difícil encontrar algo que eu gostasse (eu realmente não consigo gostar das coisas que estão na moda) e quando encontro algo bom, percebo que a qualidade não é digna do preço, mas nada tão "roubo na cara dura"...
    Amos seus posts e sua forma de escrever, beijos!

    ResponderExcluir
  12. Muito fofa as roupinhas Mari...também amo aquela cor verde água...e o detalhe na manga, um charme

    admiro muito você, seus videos...minha inspiração!! ♥-♥

    ResponderExcluir
  13. Ótimas compras, Mari. Hj fui na Renner pq precisei comprar umas calças (precisei mesmo, engordei um pouquinho, hihi, momento vergonha.) e ver algumas coisas pro trabalho. E levei em consideração essas suas dicas. Mas não resisti a uma blusa com o Little Pônei! Em tempos de Pôneis Malditos eu tive que compra!! Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Mari que linda a blusa turquesa! Você tem muito bom gosto. Eu ainda vou descobrir qual é o meu estilo e fazer um tour em alguma loja para dar uma renovada no meu guarda-roupa, já que só tem mais-do-mesmo, porque eu tenho medo de arriscar. E você falou tudo com relação ao preço, de nada adianta comprar aquela peça caríssima e não ter onde usar depois. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Adorei as dicas! Eu compro as vezes é no Carrefur tem muitas blusas fofas da Disney - nada chique mas bem casual. Outro dia fui comprar - tentar, no final nada interessante na loja - um sapato e veio todo o post na minha cabeçinha!

    To adorando o blog *.*
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Ah, Mari, eu respeito sua posição de boicote a loja e adorei a matéria. Mas, acredito que várias (tipo, todas) grandes marcas façam isso e só não descobrimos ainda. Triste não é?

    ResponderExcluir
  17. Óootimas dicas, essa sobre encaixar em 5 outfits ou ter uma parecida são ótimas ..

    ResponderExcluir
  18. Nossa sabe que eu já tinha começado a reparar que o Extra tá com roupas usáveis e até bonitas...e agora que li o seu post, hahahaha realmente vou reparar mais ainda ! =)

    Beeijos!

    ResponderExcluir
  19. Adorei as dicas!!!
    Também adoro comprar no extra..
    depois dá uma olhada no meu blog.
    www.desejosdemoda.com.br

    ResponderExcluir

Copyright © 2014 - marianasantarem.com.br - Todos os direitos reservados. LAYOUT E ILUSTRAÇÃO POR KÊNIA LOPES. PROGRAMAÇÃO POR SUGAR DANCE.