29 julho 2015

Favoritos de Inverno + Tutorial de Look do Dia-a-dia

Nessas últimas semanas minha acne melhorou muito (e será tema de um vídeo novo falando sobre minha rotina de cuidados de pele e também sobre como estou equilibrando meus hormônios sem o uso de pilula - deve ir ao ar na sexta!), o que me deixou imensamente feliz e com mais ânimo para me maquiar focando na pele. Como no inverno a pele fica mais seca, acho que é a época perfeita para trabalha-la de uma maneira mais iluminada; afinal, no verão, com a gente suando, o iluminador não é tão amigo, né?



O visual que ando usando no dia-a-dia tem um toque invernal, mas não é pesado em ponto algum e dá mais destaque para um look suave e quaseeee "make nada". Digo quase porque sou uma fã incondicional de jogar uma boa cor nos lábios, por mais sútil que seja!

Se quiser descobrir quais produtos tem sido meus prediletos e meus go-to para essa época, além de ver os truques que ando utilizando para realçar os olhos sem pesar em sombras, só ver o vídeo ♥

Vídeo



Produtos Mencionados


  • Hidratante Labial Puro e Natura de Menta - Nivea
  • SuperPrimer Universal - Clinique
  • Lasting Finish Primer - Rimmel
  • Base Anti Blemish Solutions na cor 01 Alabaster - Clinique
  • Base Colorstay Oily Skin na cor 150 Buff - Revlon
  • Base Lock It Foundation na cor 144 Light - Kat Von D
  • Base Healthy Mix e Base Healthy Mix Serum, ambas na cor 51 Vanille Clair - Bourjois
  • Corretivo Fit Me na cor 15 Fair - Maybelline
  • Pincel FS51 - Pink Gloss
  • Corretivo Radiant Creamy Concealer na cor Chantilly - NARS
  • Corretivo Flash Iluminador na cor Claro - O Boticário
  • Corretivo Healthy Mix Touché na cor Beige Clair - Bourjois
  • Corretivo Iluminador HD - Anna Pegova
  • Fixador em Spray De-Slick - Urban Decay
  • Fixador em Spray All Nighter - Urban Decay
  • Fixador em Spray Matte Finish - NYX
  • Lápis para olhos Eye Khol em Fascinating - MAC
  • Pó Stay Matte - Rimmel
  • Pó Anti Blemish Solutions - Clinique
  • Corretivo em pó Well Rested - Bare Minerals
  • Pincel 15 - Vult
  • Blush na cor Sin - NARS
  • Pincel 116 - MAC
  • Iluminador Cindy-Louminizer - The Blam
  • Blush na cor Taupe - NYX
  • Duo Eyebrown - Hard Candy
  • Máscara para cílios Lashblast - Covergirl
  • Lápis labial em Hip'n'Happy - MAC
  • Plumping Gloss em Girl Next Door - Hard Candy
  • Soft Matte Lip Cream em São Paulo - NYX
  • Batom em Captive - MAC
  • Batom em Sapatilha - Dailus
  • Gloss em Heroine - MAC

28 julho 2015

ASMR e Relaxamento: Lendo O Pequeno Príncipe

Já tem alguns meses que comecei um segundo canal, dedicado à relaxar as pessoas através de um "fenômeno" chamado ASMR. Comentei mais sobre ele no post onde apresentei ambos para vocês, que pode ser lido aqui.

Mesmo adorando o assunto e ficando imensamente feliz pela resposta que recebi de viewers antigos e novos que chegaram para esse novo canal, ainda não havia fincado o compromisso de leva-lo em uma linha constante. Hoje, tomo o momento para falar que começarei a produzir semanalmente de um á dois vídeos de ASMR, que podem ser encontrados no meu canal SoftSpokenFox . Os vídeos serão colocados no ar de terça e, as vezes, de quinta-feira também; ou seja, dose quadruplicada pelo menos de Mari hehe



O vídeo de hoje é com a leitura dos dois primeiros capítulos de O Pequeno Príncipe. Devo continuar com esse livro - e alguns outros voltados mais para contos -, mas também procurarei variar os temas. Espero de coração que, caso sintam o relaxamento com ASMR, esse vídeo possa ajuda-los a ficar mais calmos e contentes hoje!

14 julho 2015

Maratona de Comprinhas Pós Canadá

Quem é inscrito no canal já viu, mas talvez nem todos tenham tido a chance de checar quais foram as compras que trouxe comigo da minha viagem ao Canadá. Foi uma delícia voltar ao país em que morei no intercâmbio por muitos motivos que não envolveram ação do cartão de crédito, mas não nego que aproveitei para comprar muitos itens que estavam na minha lista de desejos... E quanto à diversão não-shopaholic: estou colocando aos poucos os vlogs no ar!



Os vídeos foram divididos por tema, então é fácil encontrar o tipo de compras que mais te interessa!

Colecionáveis




Esmaltes e Derivados




Cuidados com o Rosto




Cuidados com o Corpo



Cuidados com o Cabelo



Explosãããão de Maquiagem




16 junho 2015

Look e Make: Pocahontas ♥ Disney Mari

Todo o processo de criação desse vídeo me deixou muito feliz: desde ouvir as músicas do filme da Disney até ficar namorando eu mesma no espelho após o resultado final. Espero que um pouco dessa alegria possa ultrapassar a tela do computador e te alcançar através do vídeo!

Vídeo: 



Produtos Utilizados:


Olhos:

Rosto:

  • Base Efeito Natura em 02 - C1G
  • Corretivo Ultra Natural - Anna Pegova
  • Base em bastão Marrom Claro - Natura Una
  • Pó HD em Translucido - Vult
  • Blush em Dessert Acetinado - C1G
  • Pó HD em Bronzeador - Vult

Boca:

  • Batons Matte nas cores 08 e 01 - Vult


























12 junho 2015

#MariFala: O Que Aprendi Com Meus Relacionamentos Passados

Quando perguntei para vocês que vídeo deveria fazer como um especial de dia dos namorados, recebi várias sugestões maravilhosas, algumas das quais com certeza colocarei em prática mesmo não sendo nessa ocasião. A idéia que se sobressaiu para mim dessa leva foi a de contar um pouco sobre o que aprendi com meus relacionamentos; achei diferente e mais interessante do que apenas um lookbook ou tutorial, e espero de coração que algum desses ensinamentos possa te poupar de algum tombo metafórico no futuro!

Comecei a ter relacionamentos românticos - no sentido de realmente estar com pessoas - lá nos meus 14 anos. Namorei pela primeira vez aos quase 14 e desde então tive meus amores, paixões, amigos coloridos e uma boa dose de dor de cotovelo. No entanto, independente de não estar mais com essas pessoas, a grande maioria (com apenas uma exceção, do tipo que nem vale a pena ser comentada a fundo) continuam sendo pessoas maravilhosas e que definitivamente somaram positivamente na minha vida. Aprendi muito com todos e sou agradecida pela chance de ter dividido momentos singulares com cada um.

Muita gente fala que quando um relacionamento acaba, não quer dizer que "não deu certo", e sim que deu certo por um tempo e que depois não deu mais. A maioria das vezes é assim, mas gostaria de fazer o adendo de que não é porque o status da relação não é mais de um namoro que se quer dizer que não há possibilidade de ter contato: no final do ano passado tive a benção de encontrar um amigo em um ex com quem não falava direito há anos, me provando que tempo pode curar completamente feridas causadas sem maldade, e há outras pessoas do meu passado romântico que continuam firmes e fortes como amigos verdadeiros na minha vida.

Dentre todos os que deixaram suas digitais na minha vida, se apenas há um que considero uma má pessoa de fato, acho que não há dúvidas para mim de que há mais bem do que mal no mundo e que ex não é sinônimo de inimigo; são amigos, professores, pedaços da sua vida extremamente importantes, mesmo que distantes. Aprender a não ter raiva do passado e tentar compreender a ação dos outros faz parte do nosso processo de evolução como ser e acredito que o exercício de pensar em algumas das lições mais valiosas que essas pessoas deixaram na minha vida foi maravilhoso para minha alma - e, espero, algo para somar na vida de vocês.



Esteja acompanhado ou não no dia de hoje, saiba que o amor sempre mantém a porta aberta se tivermos nossos corações e espíritos disponíveis para ele entrar. ♥ Que seu dia dos namorados seja imensamente feliz!

Vídeo:





11 junho 2015

#MariFala: Porque Ingrid Nilsen Sair do Armário é Incrível

Harry Potter não era feliz vivendo em um armário abaixo da escada dos Dursley; aquela barreira de humilhação e negação de direitos básicos, imposta pela presença de pessoas que tinham medo dele ser diferente, não poderia ser melhor representada. Para alguém cuja sexualidade fugiu da heteronormatividade também existe um armário imposto tanto pela sociedade preconceituosa quanto pelo medo de se expor como diferente e ser isolado de seu meio por isso.

Conheço em primeira mão a sensação de sair do armário, tendo assumido minha bissexualidade para a maior parte da minha família há alguns anos já - e para o resto do mundo em um vídeo que pode ser assistido no meu canal. Logo, já experimentei a sensação da pressão de saber que não posso dividir um lado meu com algumas pessoas e meus avôs, já passei por um ataque de homofobia quando ao lado de uma ex namorada... Mas, em muitos aspectos, essa questão me pegou de maneira extremamente leve porque eu nunca estive num armário para mim mesma.



Nunca pensei que o que sentia por garotas, assim como por garotos, era vergonhoso para minha pessoa. Meu medo, quando ele existia, era muito mais da exposição do que da não aceitação por mim mesma. Me apaixonei por meninas, as beijei, as amei, sem nunca me negar a chance de ter esses sentimentos. Como pessoa profundamente romântica até a última célula do meu corpo, não consigo conceber a dor de se oprimir contra esses sentimentos maravilhosos de paixão e se apaixonar. Infelizmente essa tortura é conhecida de muitos outros indivíduos LGB (Lésbicas, Gays, Bissexuais), que reprimem sua sexualidade até de si mesmos.

Esse infeliz caso é o de uma das megas gurus americanas de beleza, moda e lifestyle, Ingrid Nilsen, conhecida como Missglamorazzi.  A mega Youtuber, com quase 3,5 milhões de inscritos, tomou nessa semana uma atitude que reverberou da maneira mais incrível pelo Youtube a fora: saiu do armário publicamente e para si mesma.

No vídeo de quase 20 minutos ela explica como passou 25 anos reprimindo seus sentimentos, com a sensação de que ela não merecia ser feliz por ser gay, tentando seguir relações heterossexuais porque é o que esperavam dela. Como a acompanho a anos, posso relatar como ela teve uma relação extremamente pública com outro Youtuber e como engatou em outro namoro não muito tempo depois... E que algo sempre parecia off quanto a ela em um relacionamento. Não clamo que meu radar-gay aptou, pois jamais suspeitei. Apenas olhava para ela e pensava que havia algo no olhar dela que não era compatível com o sorriso em fotos (quantos de vocês também não me conhecem pelo olhar? É o que ganhamos com anos acompanhando o trabalho de algumas pessoas).

É fácil agora entender as atitudes dela naquela época: enquanto eu, como alguém bi, consigo me apaixonar tanto por homens como mulheres, uma pessoa homossexual como a Ingrid pode sentir afeto e até amar alguém do sexo oposto - mas não de maneira romântica e sem atração sexual. São sentimentos fraternos que, embora maravilhosos e importantes, não suprimem a necessidade humana do contato sexual e romântico que a atração e paixões proporcionam.

Não tentarei explicar por mim mesma os sentimentos que ela e tantos outros gays do mundo sentem de de culpa, de auto flagelação mental, de depressão, de desespero, de impotência e tantos outros que seriam impossíveis de listar. Se souber inglês, recomendo ver o vídeo e saber por si mesmo a história dela - até porque meu ponto principal nesse texto não é parafrasear-la, e sim contar um pouco sobre o porque essa ação extremamente corajosa é incrível.

Já é difícil sair do armário como uma pessoa privada, mas existe uma dose de coragem inimaginável para uma pessoa pública se colocar sobre os trilhos do trem e chamar para si o que se é no que diz respeito a orientação sexual. Existe a chance de perder sua carreiras (no caso dela, o que poderia garantir que os 3 milhões não iriam sumir e ela perder seu ganha pão no YT? Claro que 3 milhões é muita gente, mas posso garantir que esse medo com certeza passou a cabeça dela). Existe o fato de que milhares de pessoas se acharão no direito de criticar, de colocar para baixo. Claro, há também o apoio: mas ele é o que torcemos por, e não o que achamos que virá... Medo é algo poderoso.

Esse vídeo trouxe a tona, então, uma pessoa extremamente corajosa e a primeira representante LGB entre as top 10 do Youtube Global no setor de Moda e Beleza. Isso significa que existe alguém na mídia, em um veículo moderno, contemporâneo e que só se expande, que está lá mostrando que ser lésbica é normal - e que você pode ter sucesso, ser querida, ser amada, ser feminina, ser divertida, saber cozinhar, gostar de coisas delicadas, gostar do que você bem quiser, e ainda assim gostar de meninas. Quebra estereótipos e dá representatividade para milhões de meninas e meninos não apenas sobre o papel feminino e masculino na sociedade vs. sexualidade, mas também se torna um farol de esperança para quem está passando pelo que ela passou.

Como fã, como mulher, como pessoa com uma orientação sexual diferente do padrão hetero, me sinto cheia de um orgulho gigantesco e esperança de que ainda nascerá o dia em que não existirão mais histórias tristes de como alguém pensou que não merecia ser amado por querer um amor não hetero. Eis um grande obrigada à Ingrid Nilsen por quebrar uma grande barreira na internet - e uma maior ainda para si mesma. Que os próximos passos da vida dela tragam todo o amor que ela julgou jamais merecer e mais uma boa dose. Para ela e para todos.

Copyright © 2014 - marianasantarem.com.br - Todos os direitos reservados. LAYOUT E ILUSTRAÇÃO POR KÊNIA LOPES. PROGRAMAÇÃO POR SUGAR DANCE.